Kao Dnalsi* - Carli Bortolanza
Carli Bortolanza
Sou um apaixonado, poeta e louco.
Perpasso entre as metáforas, aforismos e linguagens subliminares.
Da beleza ingênua e pura a feiura nua e crua. Da macies da face à macies da decomposição da carne humana. Vida e ou morte, carícias e ou torturas, são apenas pontos de vistas, vistas de um ponto. A beleza está na cerca que cerca, mas que também pode ser acerca que os prende. Nada é o que parece ser, há sempre um elo perdido nas linguagens ocultas que devem lhe fazer pensar nos conceitos das palavras descritas, pois elas não são o simples, o imediato do que estás a ler. Aprofunda-se, pois não escrevo aos outros, escrevo para orientar o EU obscuro de meu ente, escondido no inconsciente de minhas palavras, afrouxando minha gosma cefálica e dado lugar aos sonhos despertos, revelando minhas insanidades lisérgicas nos caminhos turvos dessa incompreensão desforme e não humana.




Kao Dnalsi*

…observo o silêncio da sauna;
Curtindo as vertigens na alma;
Tampouco curto a vida em ferida;
Mas amo a morte sofrida;

Padeço no osso do fosco;
Maltratando o sábio do poço**;
Vejo meus olhos cegos;
Sobre tudo os do meu ego;

Para sorrir das vidas alheias;
E curar com isso minhas olheiras;

O dia surge no céu;
E meu ser no véu;
A tumba a de cobrir os sorrisos risonhos;
E as lápides os mais belos sonhos.

* Escrita espelhada da ilha de Oak Island, Lunenburg, Canadá.
** Referência ao(s) construtor(es) {sábios} do “poço do tesouro” da ilha de Oak Island. 

Carli Bortolanza
Kao Dnalsi*

…observo o silêncio da sauna;
Curtindo as vertigens na alma;
Tampouco curto a vida em ferida;
Mas amo a morte sofrida;

Padeço no osso do fosco;
Maltratando o sábio do poço**;
Vejo meus olhos cegos;
Sobre tudo os do meu ego;

Para sorrir das vidas alheias;
E curar com isso minhas olheiras;

O dia surge no céu;
E meu ser no véu;
A tumba a de cobrir os sorrisos risonhos;
E as lápides os mais belos sonhos.

* Escrita espelhada da ilha de Oak Island, Lunenburg, Canadá.
** Referência ao(s) construtor(es) {sábios} do “poço do tesouro” da ilha de Oak Island.