As máscaras Pb 82 - Cláudio Kaz
Cláudio Kaz
Cláudio Castro de Mendonça sempre teve a influência da música em sua vida. Sua mãe, uma amante da música e da cultura, sempre incentivou o contato do filho com a arte. Quando tinha 10 anos começou a fazer aula de violão e não deu sequência, aos 17 anos mais maduro e decidido voltou as aulas de violão, começou a cantar em corais e amadureceu como compositor. Seus ídolos e influentes foram Rock dos anos 80 com Legião Urbana, a banda internacional The Smiths e a nova geração da MPB como Zeca Baleiro nos anos 90.
Em 2001 começou sua carreira profissional tocando em bares da cidade. Logo em 2002 recebeu um convite para tocar contrabaixo na banda Racha Cuca que tocava hardcore. Com essa banda pode mostrar seu trabalho como compositor, tocando e cantando pela primeira vez uma musica de composição própria. Com a Racha Cuca, Cláudio participou do festival de bandas novas de Juiz de Foras- MG e o projeto cultual nossa música. Em 2003 Cláudio quis mudar seu estilo musical e formou uma banda de pop rock chamada Rota sul. Com ela tocou em eventos importantes da cidade como o projeto fome zero e participou de vários festivais e projetos culturais.
Em 2005, Cláudio realizou seu sonho que gravar seu primeiro disco. Com o nome artístico Klauss, lançou “A Porta” em um teatro lotado de amigos e fãs. O disco era uma mistura de pop rock com baladas românticas com influência nos anos 80. Klauss lançou esse disco totalmente autoral em parceria com a Discovery Music.
Em 2008 gravou seu segundo disco, seu primeiro trabalho pela Seven Music, selo da Universal Music. Este disco foi versões de alguns clássicos do pop rock dos anos 80 e de alguns anônimos esquecidos.
Em 2011, aos 30 anos, com o nome artístico de Cláudio Kaz, gravou “Sol da meia noite” Um disco que mistura o folk americano, brasileiro, irlandês com musica country e musica de raiz brasileira. Algumas músicas soando como Legião Urbana e The Smiths.
Formado em História pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em 2002 e em inglês na Abbey College em 2010, recentemente adquiriu o diploma de pos graduação em Gestão do Ensino Superior pela Faculdade Estácio de Sá. Morou na República da Irlanda em 2010. Lecionou inglês, foi membro da banda Vilarejo que faz tributo a banda mineira Skank. Sem medo de arriscar e mostrando em cada música seu amadurecimento pessoal e artístico, Cláudio continua trabalhando com música. Hoje como Educador Social na LBV.
Apesar de desde os 18 anos escrever poesias, desde de 2009 escreve contos. Seu projeto atual é a biografia do músico Joãozinho da Percussão. Possui textos publicados em 2 blogs.
E-mail: claudiokaz@bol.com.br
Facebook: facebook.com/claudiokaz






As máscaras Pb 82

– Até a hora do experimento serão mais ou menos oito horas de jejum. Não é o suficiente, mas como vocês não comeram carne não terão problemas. A quanto tempo sem comerem carne, bebidas alcoolicas e sexo?

– Desde domingo. – Responderam os dois quase em uníssono.

– “Eles” vem mesmo? – Perguntou Raphael com timidez.

            Doutor X olhou fixamente para os olhos de Raphael e respondeu com firmeza: “Eles sempre vem.”

            A caminhada estava difícil. Umidade, arbustos, terreno ingreme e luz cada vez mais escassa. Demoraram mais de uma hora para chegarem ao ponto específico. Parando eventualmente para urinar e tomar fôlego.

            Ao chegarem lá, Paulo começou a cortar folhas pindoba e as colocava no chão como se formando uma cama. “É aqui que vocês irão se deitar.” disse o doutor. Os dois começaram a colocar as vestir as capas de chuva e a guardar seus relógios e anéis nos bolsos. Emanuel começou a montar um copo com o papel laminado que trouxeram.

-Lembrem-se! Devem ingerir exatamente as dezoito horas e trinta minutos essas cápsulas junto com a água magnesiana. Essa água além de produzir energia, é essencial para o relaxamento muscular e dos vasos sanguíneos e, importante em mais de 300 reações químicas do nosso corpo, ou seja, é a base de vida no nosso planeta. Com isso faremos a ligação do nosso planeta com o deles. Quando começar a fazer efeito você coloquem esse pequeno papel na língua.

            Raphael achou estranho o pequeno e quadriculado papel ter o desenho de um X no meio e ousou perguntar.

– O que é isso tudo que estamos tomando?

– As capsulas possuem Curare. Importante para o relaxamento muscular junto o magnésio da água. O segundo é LSD. Para abrir o terceiro olho.

            Raphael e Emanuel se entreolharam. Doutor X continuou:

– “Eles” sempre respondem ao nosso chamado. Estão sempre ligados as nossas vibrações. Por isso você devem seguir a risca as ordens. E não se preocupem. Vocês terão as respostas que sempre fizeram a si mesmos. “Eles” não precisam de palavras proferidas. Somente das pensadas. Emanadas pelo pensamento. Os seus maiores segredos e dúvidas serão sanadas e após a experiência a vida de vocês mudará completamente.

            Raphael e Emanuel se olharam novamente. Mas dessa vez com um sorriso nos lábios.

– Vou descer com Paulo e retorno para encontrar com vocês meia noite. Podem me dar o dinheiro na volta. Não se preocupem. – Respondeu doutor X encerrando o assunto.

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

Cláudio Kaz
As máscaras Pb 82

– Até a hora do experimento serão mais ou menos oito horas de jejum. Não é o suficiente, mas como vocês não comeram carne não terão problemas. A quanto tempo sem comerem carne, bebidas alcoolicas e sexo?

– Desde domingo. – Responderam os dois quase em uníssono.

– “Eles” vem mesmo? – Perguntou Raphael com timidez.

            Doutor X olhou fixamente para os olhos de Raphael e respondeu com firmeza: “Eles sempre vem.”

            A caminhada estava difícil. Umidade, arbustos, terreno ingreme e luz cada vez mais escassa. Demoraram mais de uma hora para chegarem ao ponto específico. Parando eventualmente para urinar e tomar fôlego.

            Ao chegarem lá, Paulo começou a cortar folhas pindoba e as colocava no chão como se formando uma cama. “É aqui que vocês irão se deitar.” disse o doutor. Os dois começaram a colocar as vestir as capas de chuva e a guardar seus relógios e anéis nos bolsos. Emanuel começou a montar um copo com o papel laminado que trouxeram.

-Lembrem-se! Devem ingerir exatamente as dezoito horas e trinta minutos essas cápsulas junto com a água magnesiana. Essa água além de produzir energia, é essencial para o relaxamento muscular e dos vasos sanguíneos e, importante em mais de 300 reações químicas do nosso corpo, ou seja, é a base de vida no nosso planeta. Com isso faremos a ligação do nosso planeta com o deles. Quando começar a fazer efeito você coloquem esse pequeno papel na língua.

            Raphael achou estranho o pequeno e quadriculado papel ter o desenho de um X no meio e ousou perguntar.

– O que é isso tudo que estamos tomando?

– As capsulas possuem Curare. Importante para o relaxamento muscular junto o magnésio da água. O segundo é LSD. Para abrir o terceiro olho.

            Raphael e Emanuel se entreolharam. Doutor X continuou:

– “Eles” sempre respondem ao nosso chamado. Estão sempre ligados as nossas vibrações. Por isso você devem seguir a risca as ordens. E não se preocupem. Vocês terão as respostas que sempre fizeram a si mesmos. “Eles” não precisam de palavras proferidas. Somente das pensadas. Emanadas pelo pensamento. Os seus maiores segredos e dúvidas serão sanadas e após a experiência a vida de vocês mudará completamente.

            Raphael e Emanuel se olharam novamente. Mas dessa vez com um sorriso nos lábios.

– Vou descer com Paulo e retorno para encontrar com vocês meia noite. Podem me dar o dinheiro na volta. Não se preocupem. – Respondeu doutor X encerrando o assunto.

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11