Maldohorror - Coletivo de escritores fantásticos e malditos.
Coffin Souza
Cesar “Coffin” Souza
Nasci em uma madrugada fria de junho de 1962. Continuo gostando de madrugadas e de frio.
Cresci com livros, filmes, gatos & quadrinhos. Queria ser Cientista, Desenhista, Escritor, Pintor, Diretor de Cinema, Ator... Faço um pouco de cada-tudo-junto-misturado. Batalhando como todos para sobreviver ao dia-a-dia, nas horas (poucas) vagas, escrevo, atuo, faço filmes, faço coisas. Orgulho de ter sido cúmplice com Baiestorf/Waslawick/Toniolli/Bortolanza/Jahnke da deliciosa demência chamada Canibal Filmes. Tenho dois blogs: She Demons Zine (shedemonszine.blogspot.com.br ) & Museu da Meia Noite (museudameianoite.blogspot.com.br ). Estou neles. E aqui. Em vários lugares. E em nenhum...
E-mail: coffinsouza@gmail.com






O EVANGELSTA DE SODOMA – Na Fogueira

-Diga-nos de uma vez por todas, por que não acredita em Deus, nosso criador?

-Como acreditar em um ser que quer ser louvado o tempo inteiro, e que se fosse mesmo todo poderoso teria feito exclusivamente o bem e nos livrado de sofrimentos? Um ser onipresente e monstruoso? Alguém que poderia nos livrar de todo o mal e não o fez porque? Para nos torturar e divertir?

Desta vez foi como se duas torquesas de aço tivessem retorcido meus testículos!

-Sacrilégio! Não lhe cabe o direito de negar aquele que paira nas alturas e que você não pode atingir. Seu cérebro é humano, portanto finito e pobre e não consegue conceber a Deus, que é infinito e perfeito. Tenha a humildade de confessar que não lhe é possível compreender ou explicar deus, por isso o renega!

-Putos mentirosos! Vocês que vivem pregando a realidade deste ser fantástico é que deveriam provar sua existência! É muito cômodo perpetuar uma dúvida, ao invés de sanar. Um ente supremo que cria um mundo no qual uma criatura deve devorar a outra para sobreviver e depois diz: “Não Matarás”; um pai bondoso que joga seus filhos preferidos sozinhos em um mundo cheio de prazeres e desejos e depois proclama leis que os fazem negar o que lhes é oferecido; e que diz que um dia vai voltar para resgatar apenas aqueles que lhe foram fiéis durante os séculos de sua ausência; o ser perfeito que cria algo tão imperfeito quanto nosso mundo e depois senta e espera que nos submetemos a seus caprichos? Vocês não podem me provar que deus existe. Mas seria melhor para a sua reputação que ele não existisse, não é mesmo?

Uma agulhada agora no meu pescoço e senti uma pressão interna nas órbitas oculares e tive a nítida impressão e dor agonizante de ter meus olhos expulsos de suas cavidades… Mais uma destas e eles vencem, não sei se suporto mais este jogo… Vou tentar moderar minhas respostas, mas se ao menos eu pudesse ver a cara destes desgraçados…

-Bilhões de pessoas no mundo todo vivem felizes e ordenadas agora que a sociedade se organizou em torno de uma mesma crença. Por que o Sr. teima em ser um anarquista contra a fé?

-Só por que milhões de moscas comem merda, eu deveria comer também? Se muitos acreditam em uma coisa estúpida, essa coisa não fica sendo menos estúpida. Tenho sim uma visão materialista do mundo, e não consigo viver de outra forma. Não sou um vilão com planos de destruir a sociedade. Eu poderia respeitar todas as religiões, se elas respeitassem a minha falta de fé. Deus não existe, e assim mesmo me sinto na responsabilidade de tentar matar um mito que escraviza o planeta todo. Acho que faço muito pouco para isto, com medo de passar o que estou passando hoje.

Estranhamente nenhum ruído, agulhada ou dor.

-O Sr. então se confessa um Ateu ?

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9

Coffin Souza
O EVANGELSTA DE SODOMA – Na Fogueira

-Diga-nos de uma vez por todas, por que não acredita em Deus, nosso criador?

-Como acreditar em um ser que quer ser louvado o tempo inteiro, e que se fosse mesmo todo poderoso teria feito exclusivamente o bem e nos livrado de sofrimentos? Um ser onipresente e monstruoso? Alguém que poderia nos livrar de todo o mal e não o fez porque? Para nos torturar e divertir?

Desta vez foi como se duas torquesas de aço tivessem retorcido meus testículos!

-Sacrilégio! Não lhe cabe o direito de negar aquele que paira nas alturas e que você não pode atingir. Seu cérebro é humano, portanto finito e pobre e não consegue conceber a Deus, que é infinito e perfeito. Tenha a humildade de confessar que não lhe é possível compreender ou explicar deus, por isso o renega!

-Putos mentirosos! Vocês que vivem pregando a realidade deste ser fantástico é que deveriam provar sua existência! É muito cômodo perpetuar uma dúvida, ao invés de sanar. Um ente supremo que cria um mundo no qual uma criatura deve devorar a outra para sobreviver e depois diz: “Não Matarás”; um pai bondoso que joga seus filhos preferidos sozinhos em um mundo cheio de prazeres e desejos e depois proclama leis que os fazem negar o que lhes é oferecido; e que diz que um dia vai voltar para resgatar apenas aqueles que lhe foram fiéis durante os séculos de sua ausência; o ser perfeito que cria algo tão imperfeito quanto nosso mundo e depois senta e espera que nos submetemos a seus caprichos? Vocês não podem me provar que deus existe. Mas seria melhor para a sua reputação que ele não existisse, não é mesmo?

Uma agulhada agora no meu pescoço e senti uma pressão interna nas órbitas oculares e tive a nítida impressão e dor agonizante de ter meus olhos expulsos de suas cavidades… Mais uma destas e eles vencem, não sei se suporto mais este jogo… Vou tentar moderar minhas respostas, mas se ao menos eu pudesse ver a cara destes desgraçados…

-Bilhões de pessoas no mundo todo vivem felizes e ordenadas agora que a sociedade se organizou em torno de uma mesma crença. Por que o Sr. teima em ser um anarquista contra a fé?

-Só por que milhões de moscas comem merda, eu deveria comer também? Se muitos acreditam em uma coisa estúpida, essa coisa não fica sendo menos estúpida. Tenho sim uma visão materialista do mundo, e não consigo viver de outra forma. Não sou um vilão com planos de destruir a sociedade. Eu poderia respeitar todas as religiões, se elas respeitassem a minha falta de fé. Deus não existe, e assim mesmo me sinto na responsabilidade de tentar matar um mito que escraviza o planeta todo. Acho que faço muito pouco para isto, com medo de passar o que estou passando hoje.

Estranhamente nenhum ruído, agulhada ou dor.

-O Sr. então se confessa um Ateu ?

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9