Plantando anjos em solo sagrado - E. B. Toniolli
E. B. Toniolli
Sou um contador de histórias.
Desde que tenho consiência de minha existência conto histórias.
Sou péssimo com nomes e rostos e a vida das pessoas não me atrai, mas as suas histórias sim.
Cada dia uma nova história, com suas banalidades, com suas expectativas, frustrações, seus sonhos, medos...
Me agrada o caos presente na ordem e a ordem sistemática presente no caos.
E assim levo a vida: entre extremos de crenças e crença nenhuma, entre a criação do novo e a reciclagem do bem e do mau, do belo e do feio.
Entre os diversos meios de retratar a vida, de criar conceitos em empresa, de vender esperanças na harmonia das coisas e das pessoas.
E assim levo a vida, contando histórias.

E-mail: toniolli@gmail.com
Facebook: facebook.com/ebtoniolli




Plantando anjos em solo sagrado

Eu entrei na casa do senhor
Depois de milênios de ações infrutíferas
Hoje eu botei os pés em solo sagrado
E em meio a bofetões, murros e chutes
Fui abrindo caminho até a sala do trono
Deixando um rastro de sangue e penas
De choros, espasmos e maldições

– Por que você veio até aqui?
– Preciso te fazer um pedido!
– O que você deseja?
– Eu quero ser Deus!!!
– Mas para que você quer ser Deus?
– Por que eu não consigo me acostumar com a minha vida. São dias e noite com um vazio me dizendo que eu nasci para governar tudo o que existe. Para ouvir a todos e fazer o que é melhor pra todos sem esquecer de ninguém. Eu vou trazer a harmonia e a paz, a prosperidade e o respeito, a amizade e a confiança. Me deixe tomar conta de tudo.
Deus olhou para ele e respondeu:
– Está certo, Cthulhu. Você me convenceu…

 

(continua)

 

E. B. Toniolli
Plantando anjos em solo sagrado

Eu entrei na casa do senhor
Depois de milênios de ações infrutíferas
Hoje eu botei os pés em solo sagrado
E em meio a bofetões, murros e chutes
Fui abrindo caminho até a sala do trono
Deixando um rastro de sangue e penas
De choros, espasmos e maldições

– Por que você veio até aqui?
– Preciso te fazer um pedido!
– O que você deseja?
– Eu quero ser Deus!!!
– Mas para que você quer ser Deus?
– Por que eu não consigo me acostumar com a minha vida. São dias e noite com um vazio me dizendo que eu nasci para governar tudo o que existe. Para ouvir a todos e fazer o que é melhor pra todos sem esquecer de ninguém. Eu vou trazer a harmonia e a paz, a prosperidade e o respeito, a amizade e a confiança. Me deixe tomar conta de tudo.
Deus olhou para ele e respondeu:
– Está certo, Cthulhu. Você me convenceu…

 

(continua)