Ressureição - E. B. Toniolli
E. B. Toniolli
Sou um contador de histórias.
Desde que tenho consiência de minha existência conto histórias.
Sou péssimo com nomes e rostos e a vida das pessoas não me atrai, mas as suas histórias sim.
Cada dia uma nova história, com suas banalidades, com suas expectativas, frustrações, seus sonhos, medos...
Me agrada o caos presente na ordem e a ordem sistemática presente no caos.
E assim levo a vida: entre extremos de crenças e crença nenhuma, entre a criação do novo e a reciclagem do bem e do mau, do belo e do feio.
Entre os diversos meios de retratar a vida, de criar conceitos em empresa, de vender esperanças na harmonia das coisas e das pessoas.
E assim levo a vida, contando histórias.

E-mail: toniolli@gmail.com
Facebook: facebook.com/ebtoniolli




Ressureição

Vivo em meu mundo,
Não tenho semelhantes
Não sou humano.

Por que a onda de choque?
Por que o desprezo?
Vejo cidades em ruinas…
… O desprezo destrói.

Quem matou a vida?
Por que o sol se esvai?
Por que há cadáveres pelo chão?
Por que há medo?

Sinto que a vida passou pelo meu corpo.
Sinto que meu corpo… Deixou de existir.

Onde está minha alma?
Por que me sinto preso?
Crucificado sobre chamas.
Por que há dor… Se estou morto?

Meu corpo vaga
Seu destino são as chamas
Meu destino é o confinamento

A luz se esvai
As trevas retornam
Um túmulo aguarda minha chegada
Os algozes me convidam para última oração

Páginas: 1 2

E. B. Toniolli
Ressureição

Vivo em meu mundo,
Não tenho semelhantes
Não sou humano.

Por que a onda de choque?
Por que o desprezo?
Vejo cidades em ruinas…
… O desprezo destrói.

Quem matou a vida?
Por que o sol se esvai?
Por que há cadáveres pelo chão?
Por que há medo?

Sinto que a vida passou pelo meu corpo.
Sinto que meu corpo… Deixou de existir.

Onde está minha alma?
Por que me sinto preso?
Crucificado sobre chamas.
Por que há dor… Se estou morto?

Meu corpo vaga
Seu destino são as chamas
Meu destino é o confinamento

A luz se esvai
As trevas retornam
Um túmulo aguarda minha chegada
Os algozes me convidam para última oração

Páginas: 1 2