Ophidia - Golden Barbie
Golden Barbie
Louca, maluca, insana e perturbada. Sem nenhum pingo de lucidez.
Um labirinto sem fim...
Um enigma onde muitos insistem em querer desvendar...
Vivendo a complexidade dos meus dias onde, embriago-me para viver e sobreviver em guerra constante entre a realidade e a fantasia.
Devorando os lobos que surgem em minha caminhada.
Mantendo-me sempre uma alfa.
Escrevo para aliviar os agonizantes gritos das vozes que moram em minha cabeça, o universo e suas frustrações "cagadas" me inspiram a rabiscar folhas e mais folhas de papel.
Mantenha-se longe! "Ou arrancarei suas tripas e as cozinharei". 





Ophidia

Pão bolorento foi o que me destes para saciar um esfaimado por ti
Cevar-se de mim, plenamente de mim…
Amor, eu nunca quis lhe trucidar…

Rasguei minhas vestes, em erupção vulcânica espalhei sobre mim camadas de melancolia em sangue vivo
Sou inferior aos seus olhos de menina má.

Putrefato é o seu cadáver, seu corpo após a sua morte
Ousei rouba-lhe um último beijo…
Seus belos lábios carnudos tornaram-se frios, arroxeados lábios de defunta.

Perambularás desfigurada sob o mar mediterrâneo de almas errantes…
Anúbis a recusará diante o portal para a morada dos deuses.
Jamais gozarás do pós-vida!
Repudiada, morta e envelhecida!
Réptil maldito, que até em seu último momento destila veneno…

Golden Barbie
Ophidia

Pão bolorento foi o que me destes para saciar um esfaimado por ti
Cevar-se de mim, plenamente de mim…
Amor, eu nunca quis lhe trucidar…

Rasguei minhas vestes, em erupção vulcânica espalhei sobre mim camadas de melancolia em sangue vivo
Sou inferior aos seus olhos de menina má.

Putrefato é o seu cadáver, seu corpo após a sua morte
Ousei rouba-lhe um último beijo…
Seus belos lábios carnudos tornaram-se frios, arroxeados lábios de defunta.

Perambularás desfigurada sob o mar mediterrâneo de almas errantes…
Anúbis a recusará diante o portal para a morada dos deuses.
Jamais gozarás do pós-vida!
Repudiada, morta e envelhecida!
Réptil maldito, que até em seu último momento destila veneno…