Ménage arruinado pelos excessos - Hugo Mendigo
Hügo Mendigo
Em 1984, ao pseudo fim da ditadura no Brasil, na cidadezinha rural de Gravataí nascia mais um Mendigo, o Hügo. Parece um clichê dizer "escrever para não enlouquecer" mas foi sim sua psicóloga que recomendou os registros turvos de sua vida. Visões urbanas e alcoolizadas, mulheres e teorias da conspiração povoam esses manuscritos virtuais, sempre assinados como Nadal Goulart. Metalúrgico, pai e um monte de outras coisas que não precisam ser ditas por que ninguem perguntou.





Ménage arruinado pelos excessos

Estava um clima bom entre nós 3 quando eu percebi um dado alarmante
Eu tinha bebido demais!
Meu pau estava bem duro mas era pura urina
Ao mesmo tempo q eu nao queria parar eu precisava! E fui!
Quando levantei p ir ao banheiro q eu nao sabia onde era
Q percebi q estava nu
Fui da mesma forma
Desci da cama cambaleando e sai do quarto abri uma.porta e entrei
Não era o banheiro
Era o quarto do cara q dividia o ap com a loira
Ele estava transando com o namorado quando eu entrei, nu de pau duro, e vi um enrabando o outro
Me senti mal por atrapalhar, pedi desculpas e fechei a porta
Fui na porta ao lado
Era o banheiro
Fiz um longo xixi e devo ter feito uma bela sujeira mas não lembro
Por um instante refleti q noite bizarra q estava sendo
E adorei ainda mais!!!
Voltei p quarto observei minhas roupas jogadas pelo chão e elas com parte das roupas tmbm arrancadas
Fui puxado e jogado na cama
Deitei bem na beira quando começaram a me chupar uma me chupava o pau e a outra minhas bolas
Foram revezando
Eu fui ficando louco de tesão
Sentia q uma puxava a outra pela nuca forçando a me engolir mais
A luz era bem fraca mas era uma visão linda
Foi então q virei p lado e vomitei
Q merda!

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Hügo Mendigo
Ménage arruinado pelos excessos

Estava um clima bom entre nós 3 quando eu percebi um dado alarmante
Eu tinha bebido demais!
Meu pau estava bem duro mas era pura urina
Ao mesmo tempo q eu nao queria parar eu precisava! E fui!
Quando levantei p ir ao banheiro q eu nao sabia onde era
Q percebi q estava nu
Fui da mesma forma
Desci da cama cambaleando e sai do quarto abri uma.porta e entrei
Não era o banheiro
Era o quarto do cara q dividia o ap com a loira
Ele estava transando com o namorado quando eu entrei, nu de pau duro, e vi um enrabando o outro
Me senti mal por atrapalhar, pedi desculpas e fechei a porta
Fui na porta ao lado
Era o banheiro
Fiz um longo xixi e devo ter feito uma bela sujeira mas não lembro
Por um instante refleti q noite bizarra q estava sendo
E adorei ainda mais!!!
Voltei p quarto observei minhas roupas jogadas pelo chão e elas com parte das roupas tmbm arrancadas
Fui puxado e jogado na cama
Deitei bem na beira quando começaram a me chupar uma me chupava o pau e a outra minhas bolas
Foram revezando
Eu fui ficando louco de tesão
Sentia q uma puxava a outra pela nuca forçando a me engolir mais
A luz era bem fraca mas era uma visão linda
Foi então q virei p lado e vomitei
Q merda!

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10