Maldohorror - Coletivo de escritores fantásticos e malditos.
Hügo Mendigo
Em 1984, ao pseudo fim da ditadura no Brasil, na cidadezinha rural de Gravataí nascia mais um Mendigo, o Hügo. Parece um clichê dizer "escrever para não enlouquecer" mas foi sim sua psicóloga que recomendou os registros turvos de sua vida. Visões urbanas e alcoolizadas, mulheres e teorias da conspiração povoam esses manuscritos virtuais, sempre assinados como Nadal Goulart. Metalúrgico, pai e um monte de outras coisas que não precisam ser ditas por que ninguem perguntou.





Peso na consciência sem culpa

Da mesma forma não corrigi e no outro dia apenas eu recopiei aquela pequena parte
Era simples
Mas me deixou péssimo
Passam-se os anos e isso parece que não muda
Lembro de outras coisas bobas
Segundos bobos que eu garanto que ninguém nem lembra e se lembra nem faz diferença
E eu fico mal
Muito mal
E algumas vezes por coisas que nem fui eu que fiz
Aconteceu agora a pouco de novo
Eu tenho 34 anos agora
Sinto que boa parte da minha vida “ativa” já passou
Me sinto feliz por ter aproveitado o máximo possível
Fazendo cada dia ser bem legal e aproveitando momentos únicos
Tive uma visita
Uma “amiga” veio do outro lado do país de ônibus e ficou 6 dias comigo
Foi bem divertido
Demos alguns passeios e transamos bastante
Poderia ter sido ainda melhor pois era iria ter mais uma amiga junto
Mas ela teve uns pequenos problemas de saúde e no fim acabou não vindo nos visitar
Depois de 6 dias comigo ela iria embora e de fato foi
Mas deixou alguns pequenos presentes pra ela aqui na minha casa
Bobaginhas
Pra ela pegar mais tarde

Páginas: 1 2 3 4 5

Hügo Mendigo
Peso na consciência sem culpa

Da mesma forma não corrigi e no outro dia apenas eu recopiei aquela pequena parte
Era simples
Mas me deixou péssimo
Passam-se os anos e isso parece que não muda
Lembro de outras coisas bobas
Segundos bobos que eu garanto que ninguém nem lembra e se lembra nem faz diferença
E eu fico mal
Muito mal
E algumas vezes por coisas que nem fui eu que fiz
Aconteceu agora a pouco de novo
Eu tenho 34 anos agora
Sinto que boa parte da minha vida “ativa” já passou
Me sinto feliz por ter aproveitado o máximo possível
Fazendo cada dia ser bem legal e aproveitando momentos únicos
Tive uma visita
Uma “amiga” veio do outro lado do país de ônibus e ficou 6 dias comigo
Foi bem divertido
Demos alguns passeios e transamos bastante
Poderia ter sido ainda melhor pois era iria ter mais uma amiga junto
Mas ela teve uns pequenos problemas de saúde e no fim acabou não vindo nos visitar
Depois de 6 dias comigo ela iria embora e de fato foi
Mas deixou alguns pequenos presentes pra ela aqui na minha casa
Bobaginhas
Pra ela pegar mais tarde

Páginas: 1 2 3 4 5