Maldohorror - Coletivo de escritores fantásticos e malditos.
Hügo Mendigo
Em 1984, ao pseudo fim da ditadura no Brasil, na cidadezinha rural de Gravataí nascia mais um Mendigo, o Hügo. Parece um clichê dizer "escrever para não enlouquecer" mas foi sim sua psicóloga que recomendou os registros turvos de sua vida. Visões urbanas e alcoolizadas, mulheres e teorias da conspiração povoam esses manuscritos virtuais, sempre assinados como Nadal Goulart. Metalúrgico, pai e um monte de outras coisas que não precisam ser ditas por que ninguem perguntou.





Tiozão

Nunca mais será asfaltada
Fora os carros atuais que passam por ela está igual a minha infância anos 80
Valão
Grama tomando a rua
Terra vermelha batida
Poeira
Fui pra casa
Cortei o último terreno baldio
Lembrei do tempo que conseguia atravessar inúmeros pra ir pra escola
“Isso aqui era tudo mato…”
Que frase de tiozão…

 

Páginas: 1 2 3 4

Hügo Mendigo
Tiozão

Nunca mais será asfaltada
Fora os carros atuais que passam por ela está igual a minha infância anos 80
Valão
Grama tomando a rua
Terra vermelha batida
Poeira
Fui pra casa
Cortei o último terreno baldio
Lembrei do tempo que conseguia atravessar inúmeros pra ir pra escola
“Isso aqui era tudo mato…”
Que frase de tiozão…

 

Páginas: 1 2 3 4