Maldohorror - Coletivo de escritores fantásticos e malditos.
Hügo Mendigo
Em 1984, ao pseudo fim da ditadura no Brasil, na cidadezinha rural de Gravataí nascia mais um Mendigo, o Hügo. Parece um clichê dizer "escrever para não enlouquecer" mas foi sim sua psicóloga que recomendou os registros turvos de sua vida. Visões urbanas e alcoolizadas, mulheres e teorias da conspiração povoam esses manuscritos virtuais, sempre assinados como Nadal Goulart. Metalúrgico, pai e um monte de outras coisas que não precisam ser ditas por que ninguem perguntou.





A vizinha em frente

Faz uns 2 anos q voltei a morar com meus pais
Casa velha q eram dos meus avós
No inverno todo o muro fica marcado de limo
Muita umidade
Esses dias cheguei do serviço e minha bexiga estava cheia
Mijei no muro
Por dentro do portão existe uma curva
Nada se vê da rua
Mijei ali
Lembrei q na minha infância eu deixava o limo alí
Sempre
Mesmo no verão
De tanto q mijava naquele canto isolado
Estava eu com 33 anos e ainda mijando ali
Vi o movimento do vizinho da frente
Estava escorado no portão da casa do outro lado da rua
Eu não tinha visto ele
Segui a mijada
Terminei e me escorei tmbm ao portão
Observei bem a casa da frente, a dele
Tão velha quanto a nossa mas em estado uns 10% pior de apodrecimento
A nossa sempre foi branca
A dele vermelha
Não é pintada a muitos anos
Tanto q eu nem me lembro de ter visto isso
Uma janela a frente q nunca é aberta e uma porta igualmente lacrada

Páginas: 1 2 3 4

Hügo Mendigo
A vizinha em frente

Faz uns 2 anos q voltei a morar com meus pais
Casa velha q eram dos meus avós
No inverno todo o muro fica marcado de limo
Muita umidade
Esses dias cheguei do serviço e minha bexiga estava cheia
Mijei no muro
Por dentro do portão existe uma curva
Nada se vê da rua
Mijei ali
Lembrei q na minha infância eu deixava o limo alí
Sempre
Mesmo no verão
De tanto q mijava naquele canto isolado
Estava eu com 33 anos e ainda mijando ali
Vi o movimento do vizinho da frente
Estava escorado no portão da casa do outro lado da rua
Eu não tinha visto ele
Segui a mijada
Terminei e me escorei tmbm ao portão
Observei bem a casa da frente, a dele
Tão velha quanto a nossa mas em estado uns 10% pior de apodrecimento
A nossa sempre foi branca
A dele vermelha
Não é pintada a muitos anos
Tanto q eu nem me lembro de ter visto isso
Uma janela a frente q nunca é aberta e uma porta igualmente lacrada

Páginas: 1 2 3 4