Carpe noctem - José Fernando Rezende
José Fernando Rezende
José Fernando Rezende é formado em história e trabalha atualmente como arquivista em empresa do terceiro setor.
Reside em Santa Bárbara d'Oeste, interior de SP.
Apaixonado desde criança pelos gêneros terror e horror, ainda na adolescência passou a escrever suas próprias histórias, tendo como principais inspirações H.P.Lovecraft, Algernon Blackwood e Stephen King.
Fascinado também pela literatura brasileira, elenca como mestres Graciliano Ramos, Lima Barreto, Machado de Assis, Monteiro Lobato e Jorge Amado.
Além dos contos de horror, é torcedor do São Paulo F.C e um diletante na arte culinária.






Carpe noctem

Agora, findando o relato de minha desgraçada sorte, vejo que não resta outra coisa senão o desterro definitivo. Contar isso ao papel em nada modificou o que está enraizado, como um mata pau, em meu espírito.

Olhando para o frasco de veneno, só consigo ouvir meus lamentos a reverberarem, agônicos, no pouco que ainda resta de são em mim. O olhar, meu deus, o maldito olhar.

Páginas: 1 2 3 4 5

José Fernando Rezende
Carpe noctem

Agora, findando o relato de minha desgraçada sorte, vejo que não resta outra coisa senão o desterro definitivo. Contar isso ao papel em nada modificou o que está enraizado, como um mata pau, em meu espírito.

Olhando para o frasco de veneno, só consigo ouvir meus lamentos a reverberarem, agônicos, no pouco que ainda resta de são em mim. O olhar, meu deus, o maldito olhar.

Páginas: 1 2 3 4 5