Maldohorror - Coletivo de escritores fantásticos e malditos.
M. Lestrange
M. Lestrange é, antes de qualquer coisa, um pseudônimo.
Bióloga de formação, apaixonada por leitura e maníaca das livrarias, pertence à casa Corvinal e faz visitas ocasionais ao reino das fadas para reunir material (e cobaias) para suas histórias.
Dizem os rumores que as tais fadas colocaram sua cabeça a prêmio.
Suas primeiras publicações físicas estão contidas em antologias, escreve para o blog literário Noite do Bardo e vez ou outra dá o ar de sua graça no Wattpad.






O sotão

Demorou para que eu conseguisse articular uma frase coerente, mas, quando consegui, não consegui escutar minha própria voz. Como se estivesse surda, ou em uma daquelas salas malucas à prova de som.

Meu clone me observou por alguns instantes. Apanhou o lençol branco do chão e o colocou cuidadosamente sobre o espelho antigo. Eu vi o lençol moldar-se à minha volta e, quando tentei tocá-lo, meus dedos encontraram a superfície lisa do espelho.

Não sei dizer o que aconteceu depois disso.

Ocasionalmente alguém visita o sótão, possivelmente vovô, colocando mais veneno para ratos e estocando novas caixas com coisas que nunca verão a luz do dia.

Coisas como eu.

Afinal, o que os olhos não veem…

O coração não sente.

 

Páginas: 1 2 3

M. Lestrange
O sotão

Demorou para que eu conseguisse articular uma frase coerente, mas, quando consegui, não consegui escutar minha própria voz. Como se estivesse surda, ou em uma daquelas salas malucas à prova de som.

Meu clone me observou por alguns instantes. Apanhou o lençol branco do chão e o colocou cuidadosamente sobre o espelho antigo. Eu vi o lençol moldar-se à minha volta e, quando tentei tocá-lo, meus dedos encontraram a superfície lisa do espelho.

Não sei dizer o que aconteceu depois disso.

Ocasionalmente alguém visita o sótão, possivelmente vovô, colocando mais veneno para ratos e estocando novas caixas com coisas que nunca verão a luz do dia.

Coisas como eu.

Afinal, o que os olhos não veem…

O coração não sente.

 

Páginas: 1 2 3