Mundo Gato - Matheus Freitas
Matheus Freitas
Matheus Freitas nasceu em 1990, é jornalista, escritor e roteirista. Tenta povoar todos os gêneros e formatos possíveis para poder dar andamento em seu projeto de Universo Compartilhado de Narrativa Transmídia, que é extenso demais para explicar neste espaço.
Por ora, escreve romances, contos e roteiros de HQs, audiovisual e tudo mais que puder inventar para criar o universo compartilhado mais diversificado possível. Gosta de trabalhar com basicamente todos os gêneros: terror, horror, suspense, humor, romance, ação, aventura etc.
Gosta de escrever aquilo que gostaria de ler ou ver, por isso, às vezes, tem algumas ideias absurdas, outras interessantes e algumas, sob entendimento de outros, ruins (porque seu gosto nem sempre é compreendido pelos demais), mas, no fim das contas, só quer contar algumas histórias.






Mundo Gato

Somente depois de alguns minutos, Ayla percebeu que Ricardo havia ido embora.

– Ele vai estragar tudo, Ayla. Eu disse que não era uma boa ideia contarmos – contestou Thiago.

– Não. Ele não vai fazer nada para nos atrapalhar. A polícia não acreditará no que ele disser e o Ricardo também é contra a violência. Ele não tem uma boa fama entre as pets devido aos protestos que já fez contra elas, então qualquer denúncia que Ricardo fizer, eles também não vão acreditar. Pode ficar tranquilo. E apesar de tudo, eu sei que ele me ama e não vai querer me prejudicar.

Ricardo nem percebeu, mas quando se deu conta, já estava em frente ao prédio que morava. Em meio ao desespero, havia percorrido o longo trajeto até sua casa caminhando e correndo. Mas a única coisa que pensava enquanto percorria as ruas era “como ela pôde fazer isso? Por quê?!”.

Continua…

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7

Matheus Freitas
Mundo Gato

Somente depois de alguns minutos, Ayla percebeu que Ricardo havia ido embora.

– Ele vai estragar tudo, Ayla. Eu disse que não era uma boa ideia contarmos – contestou Thiago.

– Não. Ele não vai fazer nada para nos atrapalhar. A polícia não acreditará no que ele disser e o Ricardo também é contra a violência. Ele não tem uma boa fama entre as pets devido aos protestos que já fez contra elas, então qualquer denúncia que Ricardo fizer, eles também não vão acreditar. Pode ficar tranquilo. E apesar de tudo, eu sei que ele me ama e não vai querer me prejudicar.

Ricardo nem percebeu, mas quando se deu conta, já estava em frente ao prédio que morava. Em meio ao desespero, havia percorrido o longo trajeto até sua casa caminhando e correndo. Mas a única coisa que pensava enquanto percorria as ruas era “como ela pôde fazer isso? Por quê?!”.

Continua…

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7