Olhar - Miyuki Moon
Miyuki Moon
Nasci cinco antes do primeiro fim do mundo existir (1995), portanto sou da geração Y. Minha paixão inicialmente foi por poesias sombrias quando tive minha primeira paixão não correspondida, desde então não parei de escrever. Com uma cuia de chimarrão e meu animalzinho gato companheiro inseparável, escrevo sobre vários gêneros, mas sempre usando minha imaginação, algumas vezes doentia. Além de escritora amadora também desenho usando geralmente inspirações do querido “Príncipe do Isopor”. Atualmente sou estudante de moda, louca por estamparia, pois também é onde posso pirar minhas ideias.
E-mail: ja.araujo.1995@gmail.com
Site: miyukimoonmodarte.wixsite.com/modarte
Blog: miyukimoon.wordpress.com
Instagram: instagram.com/Miyuki.Moon
Facebook: https://www.facebook.com/miyuki.moon




Olhar

Uma vez eu olhei tudo claro
Quando fechei os olhos em questão de minuto
Tudo ficou obscuro

Uma vez eu pude sorrir maravilhosamente
Mas agora Sangue corre em meus olhos tão melancolicamente
Que a dor se torna cada vez mais dormente

Antes de morrer gostaria de te ver
Para poder sorrir da tristeza que fez
A ferida que você me causou
E a angústia que me deixou.

Miyuki Moon
Olhar

Uma vez eu olhei tudo claro
Quando fechei os olhos em questão de minuto
Tudo ficou obscuro

Uma vez eu pude sorrir maravilhosamente
Mas agora Sangue corre em meus olhos tão melancolicamente
Que a dor se torna cada vez mais dormente

Antes de morrer gostaria de te ver
Para poder sorrir da tristeza que fez
A ferida que você me causou
E a angústia que me deixou.