Olhos acinzentados - Miyuki Moon
Miyuki Moon
Nasci cinco antes do primeiro fim do mundo existir (1995), portanto sou da geração Y. Minha paixão inicialmente foi por poesias sombrias quando tive minha primeira paixão não correspondida, desde então não parei de escrever. Com uma cuia de chimarrão e meu animalzinho gato companheiro inseparável, escrevo sobre vários gêneros, mas sempre usando minha imaginação, algumas vezes doentia. Além de escritora amadora também desenho usando geralmente inspirações do querido “Príncipe do Isopor”. Atualmente sou estudante de moda, louca por estamparia, pois também é onde posso pirar minhas ideias.
E-mail: ja.araujo.1995@gmail.com
Site: miyukimoonmodarte.wixsite.com/modarte
Blog: miyukimoon.wordpress.com
Instagram: instagram.com/Miyuki.Moon
Facebook: https://www.facebook.com/miyuki.moon




Olhos acinzentados

Quando olhei…
… Tarde demais, seus olhos cinzas me dominaram no mesmo instante em que eu os percebi.
Esse é o poder de seus olhos, transformar uma pessoa em uma cachorra que está no cio, pois não paro de lhe perseguir, até o momento em que você arranca meu coração com suas próprias mãos e com ele ainda batendo, você o devora.
Porque fizeste isto?
Porque seus olhos são cinza, como a de um vampiro, que encanta sua presa e depois de enfeitiçada, lhe condena a eternidade do sofrimento, agonizando por uma dor insuportável, mas você não tem como fugir dela, pois estás morto!
É isso que seus olhos cinza fazem em mim.

Miyuki Moon
Olhos acinzentados

Quando olhei…
… Tarde demais, seus olhos cinzas me dominaram no mesmo instante em que eu os percebi.
Esse é o poder de seus olhos, transformar uma pessoa em uma cachorra que está no cio, pois não paro de lhe perseguir, até o momento em que você arranca meu coração com suas próprias mãos e com ele ainda batendo, você o devora.
Porque fizeste isto?
Porque seus olhos são cinza, como a de um vampiro, que encanta sua presa e depois de enfeitiçada, lhe condena a eternidade do sofrimento, agonizando por uma dor insuportável, mas você não tem como fugir dela, pois estás morto!
É isso que seus olhos cinza fazem em mim.