Brasil 38° - Wender Lucas Fernandes
Wender Lucas Fernandes
Humano podre, escritor maldito e alcoólatra degenerado. Moro na infernal cidade de Palmeira dos Índios- AL, escrevo desde 2014, meus companheiros de porre são Augusto dos Anjos (que me ensinou a necessidade inevitável que o homem tem de ser fera, diante dessa sociedade doentia e acabada) Charles Bukowski (Que me ensinou que o pior problema que um homem pode ter, é estar sóbrio) e Thoreau (Que me ensinou a desconfiar de qualquer atividade que requeira roupa nova). Casado com a insanidade, amante da tosqueira e inimigo da sociedade,tento passar alguns pensamentos aleatórios para um pedaço de papel.





Brasil 38°

O presidente levanta e come chumbo no café da manha

Escova os dentes com pólvora

Mistura balas com leite

E com seu 38 na cintura, sai para matar

 

Sai matando pelo país inteiro

Sempre buscando por mais dinheiro

Infiltra a família toda no parlamento

E quando abre a boca só sai excremento

 

“E daí?” é sua resposta preferida

Afirma que todos vamos morrer um dia

Namora escondido com o general do exercito

E ainda elogia o seu porte atlético.

 

Possui seus próprios PMs de estimação

Reza um pai nosso para cada sonegação

Enrolando o seu gado segue todo dia

E nas horas vagas o comparam com o Messias.

 

 

O presidente levanta e come chumbo no café da manha

Escova os dentes com pólvora

Mistura balas com leite

E com seu 38 na cintura, sai para matar

 

Sai matando pelo país inteiro

Sempre buscando por mais dinheiro

Infiltra a família toda no parlamento

E quando abre a boca só sai excremento

 

“E daí?” é sua resposta preferida

Afirma que todos vamos morrer um dia

Namora escondido com o general do exercito

E ainda elogia o seu porte atlético.

 

Possui seus próprios PMs de estimação

Reza um pai nosso para cada sonegação

Enrolando o seu gado segue todo dia

E nas horas vagas o comparam com o Messias.