Maldohorror - Coletivo de escritores fantásticos e malditos.
Wender Lucas Fernandes
Humano podre, escritor maldito e alcoólatra degenerado. Moro na infernal cidade de Palmeira dos Índios- AL, escrevo desde 2014, meus companheiros de porre são Augusto dos Anjos (que me ensinou a necessidade inevitável que o homem tem de ser fera, diante dessa sociedade doentia e acabada) Charles Bukowski (Que me ensinou que o pior problema que um homem pode ter, é estar sóbrio) e Thoreau (Que me ensinou a desconfiar de qualquer atividade que requeira roupa nova). Casado com a insanidade, amante da tosqueira e inimigo da sociedade,tento passar alguns pensamentos aleatórios para um pedaço de papel.





Poema de ida ao Inferno

Caminha para o cemitério, cava tua cova
Se entrega ao inferno, esquece tua alcova
Derrama teu sangue, arranca tuas tripas
Compra logo essa passagem só de ida;

Esquece o amor que nunca existiu
A vida que te destruiu
As mortes que causastes
As pessoas que nunca ajudastes;

Faz uma boa viagem
Lá encontrarás camaradagem
E diante de Lúcifer
Encontrarás felicidade.

Wender Lucas Fernandes
Poema de ida ao Inferno

Caminha para o cemitério, cava tua cova
Se entrega ao inferno, esquece tua alcova
Derrama teu sangue, arranca tuas tripas
Compra logo essa passagem só de ida;

Esquece o amor que nunca existiu
A vida que te destruiu
As mortes que causastes
As pessoas que nunca ajudastes;

Faz uma boa viagem
Lá encontrarás camaradagem
E diante de Lúcifer
Encontrarás felicidade.