Toinho dos Anjos - Wender Lucas Fernandes
Wender Lucas Fernandes
Humano podre, escritor maldito e alcoólatra degenerado. Moro na infernal cidade de Palmeira dos Índios- AL, escrevo desde 2014, meus companheiros de porre são Augusto dos Anjos (que me ensinou a necessidade inevitável que o homem tem de ser fera, diante dessa sociedade doentia e acabada) Charles Bukowski (Que me ensinou que o pior problema que um homem pode ter, é estar sóbrio) e Thoreau (Que me ensinou a desconfiar de qualquer atividade que requeira roupa nova). Casado com a insanidade, amante da tosqueira e inimigo da sociedade,tento passar alguns pensamentos aleatórios para um pedaço de papel.





Toinho dos Anjos

Homem de bem e cidadão honrado

Viciado em sexo, bebida e cigarro

Bate na mulher três vezes ao dia

E ainda é praticante de zoofilia

 

Viciado no jogo, perde tudo

E na mulher desconta  aos murros

Manda deus se fuder no ato

E uma voz ele ouve no alto

 

“salvos por mim serás”

Ouvia ele sem saber o que falar

Suas tripas pelo cu saia

E satanás surgia com maestria

 

“Mas que porra de falta de sorte”

Dizia ele em seu leito de morte

“Viverás comigo no inferno!”

Disse Satanás com seu brilho eterno.

 

 

Wender Lucas Fernandes
Toinho dos Anjos

Homem de bem e cidadão honrado

Viciado em sexo, bebida e cigarro

Bate na mulher três vezes ao dia

E ainda é praticante de zoofilia

 

Viciado no jogo, perde tudo

E na mulher desconta  aos murros

Manda deus se fuder no ato

E uma voz ele ouve no alto

 

“salvos por mim serás”

Ouvia ele sem saber o que falar

Suas tripas pelo cu saia

E satanás surgia com maestria

 

“Mas que porra de falta de sorte”

Dizia ele em seu leito de morte

“Viverás comigo no inferno!”

Disse Satanás com seu brilho eterno.