Maldohorror - Coletivo de escritores fantásticos e malditos.
Acadea
Acadea (pseudônimo) é formanda em Licenciatura de Filosofia pela Universidade de Caxias do Sul - da qual é embaixadora - é moradora da serra gaúcha e vem participando de Antologias desde 2019. Esposa, mãe e escritora do estilo terror/horror, bem como de artigos e críticas na área socio/filosófica.
Insta: @a.ca.de.a






O Encontro

– Sim…

Ele acariciou seu rosto com as costas dos dedos, afastou seu cabelo deixando as marcas dos maus tratos a mostra, os olhos brilhantes percorrendo cada centímetro do seu rosto com ternura até encontrar o olhar dela.

– Tenho uma proposta para lhe fazer então, uma promessa na verdade.

Perdida no olhar dele, ela apenas assentiu com a cabeça. Era como se ele pudesse ver sua alma, como se a inundasse de uma paz quase mórbida, a adrenalina do momento se misturava à sensação de proteção que ele lhe dava.

– Se você prometer estar sempre ao meu lado eu prometerei estar sempre ao lado teu.

As palavras dele foram sérias, verdadeiras. Foi a única vez na vida em que ela se sentiu verdadeiramente ela, especial, e decidiu que não trocaria isso por nada.

– Eu prometo estar sempre ao teu lado independente do que vir a acontecer.

Suas palavras foram firmes e decididas, como ela nunca fora na vida.

Passando a mão por seu pescoço ele entrelaçou os dedos aos seus cabelos repetindo as mesmas palavras, com o olhar ainda mais intenso.

– Agora precisamos selar nossa promessa.

Ele aproximou seu rosto lentamente, juntando os lábios aos dela. A adrenalina que ela sentia foi substituída por puro êxtase e seu coração disparou em um compasso absurdo, e então sua boca foi inundada por um sabor agridoce e seu corpo amoleceu sem conseguir fazer qualquer movimento, e uma sensação de pânico tomou seu coração.

Ao afastar seus lábios ela pode observar seus olhos novamente, serenos. Com esforço ela puxou ar aos seus pulmões que pareciam se negar a funcionar, e fez a pergunta que deveria ter feito antes da tal decisão.

-Quem é você?

Com aquele mesmo sorriso meigo e ingênuo que o encontrou, ele respondeu.

– Lúcifer.

Páginas: 1 2 3 4

Acadea
O Encontro

– Sim…

Ele acariciou seu rosto com as costas dos dedos, afastou seu cabelo deixando as marcas dos maus tratos a mostra, os olhos brilhantes percorrendo cada centímetro do seu rosto com ternura até encontrar o olhar dela.

– Tenho uma proposta para lhe fazer então, uma promessa na verdade.

Perdida no olhar dele, ela apenas assentiu com a cabeça. Era como se ele pudesse ver sua alma, como se a inundasse de uma paz quase mórbida, a adrenalina do momento se misturava à sensação de proteção que ele lhe dava.

– Se você prometer estar sempre ao meu lado eu prometerei estar sempre ao lado teu.

As palavras dele foram sérias, verdadeiras. Foi a única vez na vida em que ela se sentiu verdadeiramente ela, especial, e decidiu que não trocaria isso por nada.

– Eu prometo estar sempre ao teu lado independente do que vir a acontecer.

Suas palavras foram firmes e decididas, como ela nunca fora na vida.

Passando a mão por seu pescoço ele entrelaçou os dedos aos seus cabelos repetindo as mesmas palavras, com o olhar ainda mais intenso.

– Agora precisamos selar nossa promessa.

Ele aproximou seu rosto lentamente, juntando os lábios aos dela. A adrenalina que ela sentia foi substituída por puro êxtase e seu coração disparou em um compasso absurdo, e então sua boca foi inundada por um sabor agridoce e seu corpo amoleceu sem conseguir fazer qualquer movimento, e uma sensação de pânico tomou seu coração.

Ao afastar seus lábios ela pode observar seus olhos novamente, serenos. Com esforço ela puxou ar aos seus pulmões que pareciam se negar a funcionar, e fez a pergunta que deveria ter feito antes da tal decisão.

-Quem é você?

Com aquele mesmo sorriso meigo e ingênuo que o encontrou, ele respondeu.

– Lúcifer.

Páginas: 1 2 3 4