Maldohorror - Coletivo de escritores fantásticos e malditos.
Alan Cassol
Uma vez levei um tapão na boca porque comi terra. Hoje, fico dando coice nas perninhas que fofocam pensamentos binários. Não afugento nada quando escrevo, mas divido farelinhos de vergonha na cara com quem quiser de um que não. Concordo com o Stieg Larsson





O ET Capado

Festa no planeta Oranoslob, caparam um habitante indesejado.
Abolo aterrorizava o planeta mais respeitável da Galáxia Charuto.
Abolo foi banido e colocado a bordo de uma pequena cápsula.
Ele planou na eternidade do espaço da absolvição.
Pobre capado, todas as belezas das intensas formações estelares não são capazes de animar a triste viagem.

Um habitante bondoso do planeta Oranoslob salvou Abolo.
A cápsula retornou ao seu planeta de origem.
Todos estão abismados com o retorno do malquisto.
Alguns acreditam na redenção de Abolo.

Sem o instrumento criminoso, nada ele poderia fazer de mal.
Abolo se arrastava nas paredes, ele sabia que precisava expulsar a vontade entranhada.
Abolo mordeu, Abolo rasgou, Abolo chorou, Abolo matou, Abolo triturou.

 

Alan Cassol
O ET Capado

Festa no planeta Oranoslob, caparam um habitante indesejado.
Abolo aterrorizava o planeta mais respeitável da Galáxia Charuto.
Abolo foi banido e colocado a bordo de uma pequena cápsula.
Ele planou na eternidade do espaço da absolvição.
Pobre capado, todas as belezas das intensas formações estelares não são capazes de animar a triste viagem.

Um habitante bondoso do planeta Oranoslob salvou Abolo.
A cápsula retornou ao seu planeta de origem.
Todos estão abismados com o retorno do malquisto.
Alguns acreditam na redenção de Abolo.

Sem o instrumento criminoso, nada ele poderia fazer de mal.
Abolo se arrastava nas paredes, ele sabia que precisava expulsar a vontade entranhada.
Abolo mordeu, Abolo rasgou, Abolo chorou, Abolo matou, Abolo triturou.