Maldohorror - Coletivo de escritores fantásticos e malditos.
Cannubis
Cannubis é natural de São Luís Ma mas agora vive perdida entre as vielas fétidas de sua mente sequelada. Odeia finais felizes e por isso vive embriagada de terror e de seus subgêneros, vomita na cara dos padrões impostos pela sociedade enquanto da vida a CANNUBiS seu filho, irmão e amante. Dirige pela periferia de São luis um Opala preto e tem como companhia o top five dos mais procurados do submundo, coleciona as capsulas de balas que mataram gente como kennedy, Jhon Lennon e Tupac... Foi depois de tomar um shot de bournon que ela emprestou suas mãos a um cão infernal para escrever “DEIXAI TODA ESPERANÇA, Ó VÓS QUE ENTRAIS!" no umbral dos portões infernais da comedia de Dante Alighieri. Quer um conselho? Não leiam com carinho pois aqui não se prega a paz. Como morbitvs vividvs diz: "Uma bandeira branca é como o pus de um ser putrefato".
@arj.Wanessa - instagram
@CANNUBiS.cg - wattpad







Gatinha Test

As folhas das amendoeiras caiam sem parar naquela época do ano enquanto lufadas de vento quente as espalhavam por toda a rua.

Vassouras descansavam em muros com janelas desbotadas, tristes como se adivinhassem que seriam encarregadas do trabalho sujo do outono.

Um casal pouco comum caminha pela calçada. Algo como Eduardo e Mônica só que ilícito. Ela, descolada em seu estilo alternativo, contrastando com o perfil clean dele; calça jeans, camisa branca e sapatênis.

Quarenta e uns nas costas versus dezesseis anos.

Eles conversam e a garota sorri, mostrando dentes curtos emoldurados por lábios pintados com um batom cor de açaí que combinam com a armação de seus óculos.

A conversa é sobre música. Ela diz um verso pela metade e ele completa a letra, sincronizados.

Os olhos dela brilham dilatados com tamanho reconhecimento de almas. Amantes de outras vidas, almas gêmeas, conexão perfeita.

Acabaram de se conhecer e a esta altura a garota acredita que está completamente apaixonada.

A caminhada ruma ao único ponto verde da cidade, a reserva ambiental que liga dois bairros próximos.

Ele a convida para passear em uma das trilhas que serpenteiam por entre o denso matagal.

O tempo prende a respiração, ansioso pela resposta.

Ela aceita com o coração acelerado, ciente das infinitas propostas veladas naquele convite.

Ninguém os vê entrando na reserva e ela pensa na frase que leu no horóscopo de touro na manhã daquele dia: “tudo conspira a favor quando o destino de alguém é marcado pela palavra amor.”

⬛⬛⬛⬛⬛◼◾⚜◾◼⬛⬛⬛⬛⬛

Páginas: 1 2 3 4 5 6

Cannubis
Gatinha Test

As folhas das amendoeiras caiam sem parar naquela época do ano enquanto lufadas de vento quente as espalhavam por toda a rua.

Vassouras descansavam em muros com janelas desbotadas, tristes como se adivinhassem que seriam encarregadas do trabalho sujo do outono.

Um casal pouco comum caminha pela calçada. Algo como Eduardo e Mônica só que ilícito. Ela, descolada em seu estilo alternativo, contrastando com o perfil clean dele; calça jeans, camisa branca e sapatênis.

Quarenta e uns nas costas versus dezesseis anos.

Eles conversam e a garota sorri, mostrando dentes curtos emoldurados por lábios pintados com um batom cor de açaí que combinam com a armação de seus óculos.

A conversa é sobre música. Ela diz um verso pela metade e ele completa a letra, sincronizados.

Os olhos dela brilham dilatados com tamanho reconhecimento de almas. Amantes de outras vidas, almas gêmeas, conexão perfeita.

Acabaram de se conhecer e a esta altura a garota acredita que está completamente apaixonada.

A caminhada ruma ao único ponto verde da cidade, a reserva ambiental que liga dois bairros próximos.

Ele a convida para passear em uma das trilhas que serpenteiam por entre o denso matagal.

O tempo prende a respiração, ansioso pela resposta.

Ela aceita com o coração acelerado, ciente das infinitas propostas veladas naquele convite.

Ninguém os vê entrando na reserva e ela pensa na frase que leu no horóscopo de touro na manhã daquele dia: “tudo conspira a favor quando o destino de alguém é marcado pela palavra amor.”

⬛⬛⬛⬛⬛◼◾⚜◾◼⬛⬛⬛⬛⬛

Páginas: 1 2 3 4 5 6