Maldohorror - Coletivo de escritores fantásticos e malditos.
Coffin Souza
Cesar “Coffin” Souza
Nasci em uma madrugada fria de junho de 1962. Continuo gostando de madrugadas e de frio.
Cresci com livros, filmes, gatos & quadrinhos. Queria ser Cientista, Desenhista, Escritor, Pintor, Diretor de Cinema, Ator... Faço um pouco de cada-tudo-junto-misturado. Batalhando como todos para sobreviver ao dia-a-dia, nas horas (poucas) vagas, escrevo, atuo, faço filmes, faço coisas. Orgulho de ter sido cúmplice com Baiestorf/Waslawick/Toniolli/Bortolanza/Jahnke da deliciosa demência chamada Canibal Filmes. Tenho dois blogs: She Demons Zine (shedemonszine.blogspot.com.br ) & Museu da Meia Noite (museudameianoite.blogspot.com.br ). Estou neles. E aqui. Em vários lugares. E em nenhum...
E-mail: coffinsouza@gmail.com






O evangelista de Sodoma – parte 4: Nem tudo que é sólido se desmancha com ácido

Meu pai não levantara do sofá em frente a Dígito-TV desde que eu chegara e falara isto sem se virar para nós.

Almocei uma pasta de arroz com legumes enlatada, minha mãe já havia abandonado o hábito antigo de cozinhar, e a gororoba tinha gosto de abandono e comiseração.

-Filho, teu pai é um homem rígido, mas de bom coração cristão, ele está pronto para te acolher de novo, assim como na parábola do pródigo que…

-Mãe, por favor, eu só vim aqui visitar vocês, não estou pedindo nada, só queria ver como estavam. Eu gosto muito de vocês, mas do meu jeito.

-Se gostasse mesmo, não deixava teus pais morrendo de preocupação com a vida que tu leva. Pois fique sabendo que o nosso sacerdote-conselheiro-familiar nos alertou sobre tuas andanças pelo bairro do pecado e tua ausência nos cultos e obrigações de fé. Uma vergonha depois de toda a boa educação que eu e tua mãe lhe demos!

-Querido, não precisa falar estas coisas para ele, sei que nosso filhinho é boa pessoa, só precisa é achar uma boa mulher, saudável e fiel que o encaminhe de volta a…

Aquilo bastava para mim, tinha revisto os meus velhos, e até pensava em passar algumas noites por aqui para agradá-los um pouco.  Mas pelo jeito a minha barra estava realmente suja. Beijei minha mãe e dei o fora ainda ouvindo-a me desejar feliz-natal-e-que-os-anjos-blá-blá-blá… blábláblá…

 

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Coffin Souza
O evangelista de Sodoma – parte 4: Nem tudo que é sólido se desmancha com ácido

Meu pai não levantara do sofá em frente a Dígito-TV desde que eu chegara e falara isto sem se virar para nós.

Almocei uma pasta de arroz com legumes enlatada, minha mãe já havia abandonado o hábito antigo de cozinhar, e a gororoba tinha gosto de abandono e comiseração.

-Filho, teu pai é um homem rígido, mas de bom coração cristão, ele está pronto para te acolher de novo, assim como na parábola do pródigo que…

-Mãe, por favor, eu só vim aqui visitar vocês, não estou pedindo nada, só queria ver como estavam. Eu gosto muito de vocês, mas do meu jeito.

-Se gostasse mesmo, não deixava teus pais morrendo de preocupação com a vida que tu leva. Pois fique sabendo que o nosso sacerdote-conselheiro-familiar nos alertou sobre tuas andanças pelo bairro do pecado e tua ausência nos cultos e obrigações de fé. Uma vergonha depois de toda a boa educação que eu e tua mãe lhe demos!

-Querido, não precisa falar estas coisas para ele, sei que nosso filhinho é boa pessoa, só precisa é achar uma boa mulher, saudável e fiel que o encaminhe de volta a…

Aquilo bastava para mim, tinha revisto os meus velhos, e até pensava em passar algumas noites por aqui para agradá-los um pouco.  Mas pelo jeito a minha barra estava realmente suja. Beijei minha mãe e dei o fora ainda ouvindo-a me desejar feliz-natal-e-que-os-anjos-blá-blá-blá… blábláblá…

 

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10