Maldohorror - Coletivo de escritores fantásticos e malditos.
Coffin Souza
Cesar “Coffin” Souza
Nasci em uma madrugada fria de junho de 1962. Continuo gostando de madrugadas e de frio.
Cresci com livros, filmes, gatos & quadrinhos. Queria ser Cientista, Desenhista, Escritor, Pintor, Diretor de Cinema, Ator... Faço um pouco de cada-tudo-junto-misturado. Batalhando como todos para sobreviver ao dia-a-dia, nas horas (poucas) vagas, escrevo, atuo, faço filmes, faço coisas. Orgulho de ter sido cúmplice com Baiestorf/Waslawick/Toniolli/Bortolanza/Jahnke da deliciosa demência chamada Canibal Filmes. Tenho dois blogs: She Demons Zine (shedemonszine.blogspot.com.br ) & Museu da Meia Noite (museudameianoite.blogspot.com.br ). Estou neles. E aqui. Em vários lugares. E em nenhum...
E-mail: coffinsouza@gmail.com






O evangelista de Sodoma – parte 4: Nem tudo que é sólido se desmancha com ácido

-MEERRDA!! – gritei o mais alto que pude ao ouvir o meu dígito-televisor ser acionado automaticamente, mais uma maravilha da tecnologia – Teológica moderna: durante esta época do ano era obrigatório um tempo mínimo de exposição da maravilhosa programação oficial. Meninos jesuses em mangedouras e estrelas em Belém; musiquinhas sobre noites felizes e mensagens de amor e fraternidade lidas por crianças zumbis vestidas de anjos; Reprises e mais reprises de filmecos antigos como “Jesus, O Nazareno, ”O Sagrado Manto” ou “O Rei de Todos os Reinos”; Sermões intermináveis do Bisfeito, do afetado Cardeador e claro de Sua Zumbificiência em pessoa e, as maravilhas do novo Multiprocessador de sucos que também servia como torradeira ou um Dígito-televisor de 89 polegadas com sistema de 3 Dimensões e Odorama, ou ainda ou ainda as bonecas de brinquedo reproduzindo figuras do Biblecorão e que recitavam trechos sagrados quando apertados na barriga.Tudo isto para cumprirmos a tradição – agora uma obrigação imposta por lei -, de presentearmos nossos entes queridos e familiares com quinquilharias e inutilidades dispendiosas. Resolvi levantar e sair ,antes que tivesse ímpetos de jogar alguma coisa pesada na tela do aparelho, e ser descontado de centenas de necessários créditos para a aquisição obrigatória de outro; o que me faria preso a uma dieta com menos cervejas e outros poucos prazeres que as doletas provenientes do COCORICOD sustentavam.

Uma vez nas ruas, senti-me ainda mais oprimido. Tudo soava, brilhava e fedia a natal. As calçadas da Cidade das Luzes estavam coalhadas de pessoas. Famílias em peso irremediavelmente atraídas pelas brilhantes vitrines das lojas como insetos em volta da lâmpada em noites de calor. Além das indefectíveis musiquinhas natalinas e das onipresentes vozes eletrônicas cuspindo mensagens tolas, esta era a época de um exército de fanáticos de ligas e ordens ficarem berrando suas pregações e enchendo o saco dos passantes. Como se eu estivesse estampado na testa “Sou Ateu!” ou “Estou cagando para sua fé”, não conseguia dar mais de uma dúzia de passos sem ser abordado por velhas caducas pertencentes à LINFATICA ou bichas idosas da O.P.S.

-Meu filho, lembre-se que esta é a época do amor maior e da redenção, pois Jesus, filho de deus vai nascer em todos os corações, guarde um tempo para a adoração e não se esqueça portanto de visitar seus familiares que tanto…

-Jovem irmão, vamos pegue este folheto e leia, é a oportunidade de você passar dedicar todo seu tempo ao amor divino de…

-Apenas no natal, promoção das Lojas Cananéia Moderna: Na compra de lindos lençóis de casal estampados com os 39 mandamentos do Biblecorão, grátis micro disco com os 50 maiores sucessos da dupla Gospel-Sertaneja Esauzinho & Jacó, incluindo o sucesso…

Parei um pouco tonto e confuso, fazendo de conta que olhava uma vitrine menos concorrida. Pelo reflexo do vidro vi que estava sendo observado. Uma linda jovenzinha de uns 15 ou 16 anos, cabelos pretos encaracolados, uniforme de estudante, lindos dentes em um sorriso meio tímido, meio sedutor. Me virei e ela estava andando mesmo em minha direção, rebocada por seu lindo par de peitinhos duros que se salientavam no uniforme branco.

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Coffin Souza
O evangelista de Sodoma – parte 4: Nem tudo que é sólido se desmancha com ácido

-MEERRDA!! – gritei o mais alto que pude ao ouvir o meu dígito-televisor ser acionado automaticamente, mais uma maravilha da tecnologia – Teológica moderna: durante esta época do ano era obrigatório um tempo mínimo de exposição da maravilhosa programação oficial. Meninos jesuses em mangedouras e estrelas em Belém; musiquinhas sobre noites felizes e mensagens de amor e fraternidade lidas por crianças zumbis vestidas de anjos; Reprises e mais reprises de filmecos antigos como “Jesus, O Nazareno, ”O Sagrado Manto” ou “O Rei de Todos os Reinos”; Sermões intermináveis do Bisfeito, do afetado Cardeador e claro de Sua Zumbificiência em pessoa e, as maravilhas do novo Multiprocessador de sucos que também servia como torradeira ou um Dígito-televisor de 89 polegadas com sistema de 3 Dimensões e Odorama, ou ainda ou ainda as bonecas de brinquedo reproduzindo figuras do Biblecorão e que recitavam trechos sagrados quando apertados na barriga.Tudo isto para cumprirmos a tradição – agora uma obrigação imposta por lei -, de presentearmos nossos entes queridos e familiares com quinquilharias e inutilidades dispendiosas. Resolvi levantar e sair ,antes que tivesse ímpetos de jogar alguma coisa pesada na tela do aparelho, e ser descontado de centenas de necessários créditos para a aquisição obrigatória de outro; o que me faria preso a uma dieta com menos cervejas e outros poucos prazeres que as doletas provenientes do COCORICOD sustentavam.

Uma vez nas ruas, senti-me ainda mais oprimido. Tudo soava, brilhava e fedia a natal. As calçadas da Cidade das Luzes estavam coalhadas de pessoas. Famílias em peso irremediavelmente atraídas pelas brilhantes vitrines das lojas como insetos em volta da lâmpada em noites de calor. Além das indefectíveis musiquinhas natalinas e das onipresentes vozes eletrônicas cuspindo mensagens tolas, esta era a época de um exército de fanáticos de ligas e ordens ficarem berrando suas pregações e enchendo o saco dos passantes. Como se eu estivesse estampado na testa “Sou Ateu!” ou “Estou cagando para sua fé”, não conseguia dar mais de uma dúzia de passos sem ser abordado por velhas caducas pertencentes à LINFATICA ou bichas idosas da O.P.S.

-Meu filho, lembre-se que esta é a época do amor maior e da redenção, pois Jesus, filho de deus vai nascer em todos os corações, guarde um tempo para a adoração e não se esqueça portanto de visitar seus familiares que tanto…

-Jovem irmão, vamos pegue este folheto e leia, é a oportunidade de você passar dedicar todo seu tempo ao amor divino de…

-Apenas no natal, promoção das Lojas Cananéia Moderna: Na compra de lindos lençóis de casal estampados com os 39 mandamentos do Biblecorão, grátis micro disco com os 50 maiores sucessos da dupla Gospel-Sertaneja Esauzinho & Jacó, incluindo o sucesso…

Parei um pouco tonto e confuso, fazendo de conta que olhava uma vitrine menos concorrida. Pelo reflexo do vidro vi que estava sendo observado. Uma linda jovenzinha de uns 15 ou 16 anos, cabelos pretos encaracolados, uniforme de estudante, lindos dentes em um sorriso meio tímido, meio sedutor. Me virei e ela estava andando mesmo em minha direção, rebocada por seu lindo par de peitinhos duros que se salientavam no uniforme branco.

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10