Maldohorror - Coletivo de escritores fantásticos e malditos.
David Gomes
Desabafo, nos destroços.




Nuvem debaixo do guarda-chuva

Como pode chover dentro de um guarda-chuva?
O dia ensolarado, mas, tal nuvem me acompanha
Nebulosa, cinza, seus raios as vezes caem bem
No choque da realidade, nuvens são singulares
Algumas leves, muitas carregadas
Nuvens nossa de cada dia
Talvez uma parte do céu me contemplou
Do peso das nuvens chove e chove, chove
De dentro para fora, relativamente oposta
Pode ser que dessas enxurradas sementes sejam regadas
Transformadas em árvores
Mas, mesmo assim, ainda chove. Chove, chove, chove…

David Gomes
Nuvem debaixo do guarda-chuva

Como pode chover dentro de um guarda-chuva?
O dia ensolarado, mas, tal nuvem me acompanha
Nebulosa, cinza, seus raios as vezes caem bem
No choque da realidade, nuvens são singulares
Algumas leves, muitas carregadas
Nuvens nossa de cada dia
Talvez uma parte do céu me contemplou
Do peso das nuvens chove e chove, chove
De dentro para fora, relativamente oposta
Pode ser que dessas enxurradas sementes sejam regadas
Transformadas em árvores
Mas, mesmo assim, ainda chove. Chove, chove, chove…