Maldohorror - Coletivo de escritores fantásticos e malditos.
Golden Barbie
Louca, maluca, insana e perturbada. Sem nenhum pingo de lucidez.
Um labirinto sem fim...
Um enigma onde muitos insistem em querer desvendar...
Vivendo a complexidade dos meus dias onde, embriago-me para viver e sobreviver em guerra constante entre a realidade e a fantasia.
Devorando os lobos que surgem em minha caminhada.
Mantendo-me sempre uma alfa.
Escrevo para aliviar os agonizantes gritos das vozes que moram em minha cabeça, o universo e suas frustrações "cagadas" me inspiram a rabiscar folhas e mais folhas de papel.
Mantenha-se longe! "Ou arrancarei suas tripas e as cozinharei". 





Tarja-Preta

Passam-se as horas
Passam-se o tempo
Marcando minh’alma
Fragmentada
Sem alento

Os dias são todos iguais:
Suportar o insuportável
Para viver é necessário.

A faca sobre a pia na cozinha
Nunca me pareceu tão atraente quanto agora…

Corto-me
logo caem os pedaços…
Sobre o chão escarlate me desfaço!

Fazia uma medonha manhã de inverno
Fora o último registro que os meus olhos fotografaram…

A neblina em meio ao vazio me engoliu
Apagando-me feito as cinzas de um cigarro…


Golden Barbie
Tarja-Preta

Passam-se as horas
Passam-se o tempo
Marcando minh’alma
Fragmentada
Sem alento

Os dias são todos iguais:
Suportar o insuportável
Para viver é necessário.

A faca sobre a pia na cozinha
Nunca me pareceu tão atraente quanto agora…

Corto-me
logo caem os pedaços…
Sobre o chão escarlate me desfaço!

Fazia uma medonha manhã de inverno
Fora o último registro que os meus olhos fotografaram…

A neblina em meio ao vazio me engoliu
Apagando-me feito as cinzas de um cigarro…