Maldohorror - Coletivo de escritores fantásticos e malditos.
Hügo Mendigo
Em 1984, ao pseudo fim da ditadura no Brasil, na cidadezinha rural de Gravataí nascia mais um Mendigo, o Hügo. Parece um clichê dizer "escrever para não enlouquecer" mas foi sim sua psicóloga que recomendou os registros turvos de sua vida. Visões urbanas e alcoolizadas, mulheres e teorias da conspiração povoam esses manuscritos virtuais, sempre assinados como Nadal Goulart. Metalúrgico, pai e um monte de outras coisas que não precisam ser ditas por que ninguem perguntou.





O sexo pós briga

Já li muito sobre recomeços
Entre namoros e casamentos
Sempre tem aquele sexo mais forte depois do casal se acertar
Tive muitos desses ao longo dos anos
Já tive noites em q me acordava já transando e tudo se resolvia ao gozar
Como se a ejaculada apagasse o stress
Digo q não apaga, só deixa bem borrado
Mas resolve por hora
Nessa vez q vou contar não foi diferente
Mas foi mais selvagem q o normal

Tínhamos brigado
Ficamos uns 4 dias se falando bem pouco ou nada
A saudade bateu e marcamos uma conversa ao vivo
Fomos a uma praça mas obviamente o rumo era o bar
Uns abraços e uns beijos depois e já bebendo
Bebemos e debatemos o futuro da politica mundial
Tudo q se pode resolver em uma mesa de bar
Ao 4° litro de cerveja a tontura virou uma vaga fome
Pedimos uma pizza pequena, apenas 2 sabores – atum e estrogonofe
Comemos poucas partes e pedimos mais um litro
5 litros e uns farelos de pizza na barriga
Muita tontura e o assunto ia se esgotando
Resolvemos ir embora
Cedo de uma noite muita quente rumamos p minha casa
Uns 10 minutos a pé e chegamos
Muito calor e liguei o ventilador
Coloquei os restos da pizza na geladeira
Voltei p cama e ela já estava nua, me esperando
Eu tratei de me pelar também e ficar na linha do vento

Páginas: 1 2 3

Hügo Mendigo
O sexo pós briga

Já li muito sobre recomeços
Entre namoros e casamentos
Sempre tem aquele sexo mais forte depois do casal se acertar
Tive muitos desses ao longo dos anos
Já tive noites em q me acordava já transando e tudo se resolvia ao gozar
Como se a ejaculada apagasse o stress
Digo q não apaga, só deixa bem borrado
Mas resolve por hora
Nessa vez q vou contar não foi diferente
Mas foi mais selvagem q o normal

Tínhamos brigado
Ficamos uns 4 dias se falando bem pouco ou nada
A saudade bateu e marcamos uma conversa ao vivo
Fomos a uma praça mas obviamente o rumo era o bar
Uns abraços e uns beijos depois e já bebendo
Bebemos e debatemos o futuro da politica mundial
Tudo q se pode resolver em uma mesa de bar
Ao 4° litro de cerveja a tontura virou uma vaga fome
Pedimos uma pizza pequena, apenas 2 sabores – atum e estrogonofe
Comemos poucas partes e pedimos mais um litro
5 litros e uns farelos de pizza na barriga
Muita tontura e o assunto ia se esgotando
Resolvemos ir embora
Cedo de uma noite muita quente rumamos p minha casa
Uns 10 minutos a pé e chegamos
Muito calor e liguei o ventilador
Coloquei os restos da pizza na geladeira
Voltei p cama e ela já estava nua, me esperando
Eu tratei de me pelar também e ficar na linha do vento

Páginas: 1 2 3