Maldohorror - Coletivo de escritores fantásticos e malditos.
Hügo Mendigo
Em 1984, ao pseudo fim da ditadura no Brasil, na cidadezinha rural de Gravataí nascia mais um Mendigo, o Hügo. Parece um clichê dizer "escrever para não enlouquecer" mas foi sim sua psicóloga que recomendou os registros turvos de sua vida. Visões urbanas e alcoolizadas, mulheres e teorias da conspiração povoam esses manuscritos virtuais, sempre assinados como Nadal Goulart. Metalúrgico, pai e um monte de outras coisas que não precisam ser ditas por que ninguem perguntou.





O sexo pós briga

Eu quase uivando com a cabeça virada bem p cima
Senti o rabo do meu gato nas minhas pernas
Ela seguia mamando e os meus dois gatos aperitivavam as poças de vômito pelo chão
Puro atum muito mal mastigado misturado com suco gástrico e saliva
Achei aquilo sensacional e comecei a rir
Pulei p cama com ela e socamos até gozar tudo q podia
Lembro q gozei entre um bombada e outra e quase todo o leite ficou p fora
Me joguei na cama p secar o suor e esperar a respiração voltar ao normal
Virei a cabeça p lado e o gato seguia provando o vômito sexual amontoado pelos desníveis do assoalho
Foi um excelente trabalho
Depois de recobrada as forças peguei a camiseta q estava pelo chão p limpar aquilo tudo
O cheiro até q era bom mesmo
Vi o lambuzo de esperma na cama também enquanto ela foi ao banheiro
O gato foi cheirar mas repugnou
O atum vomitado extraído com pau é mais apetitoso
Depois disso tudo só o sono dos justos p acalmar…

Acordei as 5 p ir trabalhar
O despertador teve mais trabalho hoje
O fedor azedo do quarto já era enjoativo
Mas ao lembrar d tudo só me veio mais excitação
Quando percebi já estava duro d novo
Virei ela p mim e comecei a beija la fortemente
O gosto de vômito era muito forte junto com a ressaca e até cheiro das minhas bolas ainda
Comecei a destapar ela e os caminhos já estavam iniciados
Mais uns toques amorosos e a selvageria começou novamente
Uma boas socadas e minha gozada veio de novo
Puxei ela de novo e disse q agora seria entrada e não saída
Ela novamente me deixou guiar e usei a garganta dela como depósito do meu esperma q eu senti sair bem grosso e quente

Existe maneira melhor de começar o dia do q transar ao cheiro de vômito?
Bom dia Nadal

 

Páginas: 1 2 3

Hügo Mendigo
O sexo pós briga

Eu quase uivando com a cabeça virada bem p cima
Senti o rabo do meu gato nas minhas pernas
Ela seguia mamando e os meus dois gatos aperitivavam as poças de vômito pelo chão
Puro atum muito mal mastigado misturado com suco gástrico e saliva
Achei aquilo sensacional e comecei a rir
Pulei p cama com ela e socamos até gozar tudo q podia
Lembro q gozei entre um bombada e outra e quase todo o leite ficou p fora
Me joguei na cama p secar o suor e esperar a respiração voltar ao normal
Virei a cabeça p lado e o gato seguia provando o vômito sexual amontoado pelos desníveis do assoalho
Foi um excelente trabalho
Depois de recobrada as forças peguei a camiseta q estava pelo chão p limpar aquilo tudo
O cheiro até q era bom mesmo
Vi o lambuzo de esperma na cama também enquanto ela foi ao banheiro
O gato foi cheirar mas repugnou
O atum vomitado extraído com pau é mais apetitoso
Depois disso tudo só o sono dos justos p acalmar…

Acordei as 5 p ir trabalhar
O despertador teve mais trabalho hoje
O fedor azedo do quarto já era enjoativo
Mas ao lembrar d tudo só me veio mais excitação
Quando percebi já estava duro d novo
Virei ela p mim e comecei a beija la fortemente
O gosto de vômito era muito forte junto com a ressaca e até cheiro das minhas bolas ainda
Comecei a destapar ela e os caminhos já estavam iniciados
Mais uns toques amorosos e a selvageria começou novamente
Uma boas socadas e minha gozada veio de novo
Puxei ela de novo e disse q agora seria entrada e não saída
Ela novamente me deixou guiar e usei a garganta dela como depósito do meu esperma q eu senti sair bem grosso e quente

Existe maneira melhor de começar o dia do q transar ao cheiro de vômito?
Bom dia Nadal

 

Páginas: 1 2 3