Maldohorror - Coletivo de escritores fantásticos e malditos.
Juliety Alves
Eu, Juliety Alves, 31 anos no exato momento em que ingresso nesses confins. Apaixonada por cinema, literatura e estudante de psicologia, desprovida de crenças e causos, apenas alguém que tem que ver para crer.







Ilusões Obscuras

“A solidão que cerca o bosque preenche minha alma… devo permanecer indefesa com toda minha tristeza… com toda minha desilusão…

 

Anseio por uma completude, por ser relevante para alguém, anseio por um olhar, por um toque afetuoso… desejos carnais… banais…

 

A cada passo os estalos da folhagem ecoam junto à brisa e fazem-me sentir a solitude chegar…

 

Pessoas vazias de sentimentos, assim como aquele lindo bosque… talvez seja por isso que me atraem, tento preencher novamente minha alma em vão…

 

O amor não tem sentido… não é tão difícil entrar em um abismo de ilusões obscuras…”

 

 

Juliety Alves
Ilusões Obscuras

“A solidão que cerca o bosque preenche minha alma… devo permanecer indefesa com toda minha tristeza… com toda minha desilusão…

 

Anseio por uma completude, por ser relevante para alguém, anseio por um olhar, por um toque afetuoso… desejos carnais… banais…

 

A cada passo os estalos da folhagem ecoam junto à brisa e fazem-me sentir a solitude chegar…

 

Pessoas vazias de sentimentos, assim como aquele lindo bosque… talvez seja por isso que me atraem, tento preencher novamente minha alma em vão…

 

O amor não tem sentido… não é tão difícil entrar em um abismo de ilusões obscuras…”