Maldohorror - Coletivo de escritores fantásticos e malditos.
Rodrigo A. Leonardi
Rodrigo A. Leonardi, fanático por literatura maldita e contos góticos. Desenhista técnico, cinéfilo. Como Músico ja fui baixista/vocalista e principal compositor da banda death grind Abuso Verbal. Colecionador de tudo que é interessante. Comecei a pegar gosto em escrever, quando li "O Capitão saiu para o almoço e os marinheiros tomaram conta do navio", de Bukowski, em um sórdido verão de 2011. Tenho um canal no YT, onde faço entrevistas com bandas autorais e começaremos em breve a fazer documentários sobre diversos temas, sempre voltado a música pesada e a cultura alternativa.






O Fanatismo e o Vírus

 

Salivando pelos cantos,

Convulsionando, pulos de desesperos…

Uma mosca assenta, em meus olhos vidrados,

Não consigo pegá-la.

Intacto, sobre uma maca, por metade de meu corpo dentro de um saco preto,

Meu corpo está infectado pelo vírus…

Minha crença me levou a morte, meus reis não fizeram nada,

Absolutamente nada. Entreguei-me a eles.

De nada adiantou. Devo ter infectado uns cinco,

Talvez seis.

De nada adiantou me ajoelhar-se, a me castigar-se…

De nada adiantou,

O vírus maldito me achou,

Me pegou,

Me levou…

Rodrigo A. Leonardi
O Fanatismo e o Vírus

 

Salivando pelos cantos,

Convulsionando, pulos de desesperos…

Uma mosca assenta, em meus olhos vidrados,

Não consigo pegá-la.

Intacto, sobre uma maca, por metade de meu corpo dentro de um saco preto,

Meu corpo está infectado pelo vírus…

Minha crença me levou a morte, meus reis não fizeram nada,

Absolutamente nada. Entreguei-me a eles.

De nada adiantou. Devo ter infectado uns cinco,

Talvez seis.

De nada adiantou me ajoelhar-se, a me castigar-se…

De nada adiantou,

O vírus maldito me achou,

Me pegou,

Me levou…