Maldohorror - Coletivo de escritores fantásticos e malditos.
William Fontana
Pseudônimo de Gerson M.A. fotógrafo, contista, novelista, ensaísta, teólogo, filósofo e pedagogo por formação. Portador da Síndrome de Aspeger com dupla excepcionalidade, superdotado (Qi 163) e cristão, trabalhou em eventos culturais nas Lonas Culturais no Rio (2002) onde produziu e fotografou, com fotos publicadas em jornais cariocas. Posteriormente trabalhou na Globo como fiscal de figuração pela agência MMCDI na novela Avenida Brasil (2012). Membro votante do Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas do Rio de Janeiro, membro do CLFC (Clube de Leitores de Ficção Científica), UBE (União Brasileira de Escritores) e da Sal (Sociedade de Artes de São Gonçalo), escreveu artigos para a Revista Somnium, teve mais 35 contos selecionados e publicados na Revista Litera, site Maldohorror, Primeiro Capítulo, Conexão Literatura, Creepypasta Brasil, Revista Literomancia, nas antologias Arte do Terror, Mirage, Nemephile, assim como autor da semana com artigos de destaque na Obvious Mag. Finalista de diversos concursos literários, tendo os contos 'O Poço' (2017) e ‘Inominável do Além’ (2018) e 'Império de Tendor' (2019) selecionado como um dos melhores de seus respectivos anos pela revisa Litera Livre. Tem 30 livros escritos e dois publicados, 'Adormecidos' (2011 - Ryoki Produções) e 'Síndrome Celestial' (2013 - Ed. Multifoco).






O Primeiro Seth – parte II

Não era a primeira vez que a biblioteca sofreria um golpe e saques. Em 272 D.C. legiões de Aureliano durante uma guerra contra a rainha Zenóbia invadiu a cidade de Alexandria destruindo a biblioteca que em tempos seguintes se reconstruiu, e o mesmo parecia se suceder em iminência naquele momento num golpe verdadeiramente criminoso contra o conhecimento humano.
Ao sair do lugar Naum correu pelas ruas da cidade até a biblioteca a procurar o mestre ancião do conhecimento. Dormindo, Naum o acordou dada a importância da situação, ele tinha provas não somente da existência dos homens de negro como de que tramavam saquear e destruir a biblioteca.

Inicialmente incomodado o ancião resmungou palavras de mau humor ante a interrupção subida de seu sono nos aposentos da biblioteca onde era uma espécie de curador. Porém, tão logo, Naum narrou todos os eventos precursores de uma trama às sombras para minar e sabotar o que era como a babel do conhecimento.

Vendo a gravidade da situação o ancião chamou os demais bibliotecários a irem junto a Naum não somente procurar pelo ‘Primeiro Seth’ para protege-lo, assim como pesquisar sobre quaisquer registros e livros que cruzassem informações sobre tal linhagem e seu conhecimento. Naum reafirmou seu novo encontro com o árabe misterioso – que na realidade se quer parecia árabe tirando suas vestes – e assim caminharam hora antes do sol raiar para iniciar suas buscas e intensificar a guarda da biblioteca.

(continua…)

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7

William Fontana
O Primeiro Seth – parte II

Não era a primeira vez que a biblioteca sofreria um golpe e saques. Em 272 D.C. legiões de Aureliano durante uma guerra contra a rainha Zenóbia invadiu a cidade de Alexandria destruindo a biblioteca que em tempos seguintes se reconstruiu, e o mesmo parecia se suceder em iminência naquele momento num golpe verdadeiramente criminoso contra o conhecimento humano.
Ao sair do lugar Naum correu pelas ruas da cidade até a biblioteca a procurar o mestre ancião do conhecimento. Dormindo, Naum o acordou dada a importância da situação, ele tinha provas não somente da existência dos homens de negro como de que tramavam saquear e destruir a biblioteca.

Inicialmente incomodado o ancião resmungou palavras de mau humor ante a interrupção subida de seu sono nos aposentos da biblioteca onde era uma espécie de curador. Porém, tão logo, Naum narrou todos os eventos precursores de uma trama às sombras para minar e sabotar o que era como a babel do conhecimento.

Vendo a gravidade da situação o ancião chamou os demais bibliotecários a irem junto a Naum não somente procurar pelo ‘Primeiro Seth’ para protege-lo, assim como pesquisar sobre quaisquer registros e livros que cruzassem informações sobre tal linhagem e seu conhecimento. Naum reafirmou seu novo encontro com o árabe misterioso – que na realidade se quer parecia árabe tirando suas vestes – e assim caminharam hora antes do sol raiar para iniciar suas buscas e intensificar a guarda da biblioteca.

(continua…)

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7